Você cobra o que seu produto ou serviço vale?

23/3/2019

Frequentemente somos procurados por pequenas e médias empresas buscando aumentar sua receita a partir de ferramentas como sites, redes sociais ou vídeos, mas em boa parte destes contatos o problema é anterior a comunicação: está na estratégia do negócio. 

 

Todo negócio precisa ser planejado a nível estratégico, independentemente do seu tamanho. Você pode vender ovos, e cobrar por ovos. Ou você pode vender ovos produzidos por galinhas que se alimentam apenas de ração, e então vai cobrar por ovos orgânicos. Ou você pode ainda contar na embalagem (que pode ser produzida a partir de material reciclado), que suas galinhas são criadas livremente, porque sua empresa respeita a natureza. Aí então você pode cobrar um pouquinho mais, mas o maior lucro virá da simpatia do consumidor pela sua marca. Provavelmente isso decidirá algumas compras na concorrida gôndola do supermercado. 

 

O problema normalmente está no discurso da marca, ou seja, como a marca conta aquilo que faz e ao que se propõe. Desenvolver um site visualmente lindo não vai ser tão relevante para seu negócio quanto produzir um site que responda já na primeira página a pergunta: por que comprar desta marca? É isto que seu cliente espera encontrar assim que abrir seu site, ou as redes sociais de sua marca. O aumento da receita pode vir pelo aumento de vendas ou simplesmente pela comunicação correta daquilo que sua empresa faz. 

 

Talvez seu preço poderia ser melhor recebido se seu cliente entendesse o valor agregado do seu produto ou serviço, já no primeiro contato. Você pode distribuir vinhos de boas marcas, e cobrar pela entrega. Mas seu preço pode ser melhor se você oferecer ao cliente a opção de receber vinhos em casa mensalmente, de acordo com suas preferências. O valor de incluir este serviço no seu negócio? Um site, com formulários de cadastros, e uma estratégia de comunicação que destaque este serviço. A contrapartida? Conquistar parte dos 8 milhões de consumidores de vinhos online no Brasil (segundo dados da Winext de 2018). 

 

Lembre que comunicação pode contar a história da sua marca, ou ajudar a transformar esta história, a partir de uma perspectiva de negócios. Conte conosco para a segunda opção. ;)

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Please reload

Procurar Tags